17/07/2017

Brasília define últimos classificados à final do Freio de Ouro

Seletiva realizada no Distrito Federal consagrou égua de Porto Alegre (RS) e cavalo de Joinville (SC)

O roteiro de semifinais do Freio de Ouro 2017 chegou à sua última etapa, com a prova realizada entre os dias 13 e 16 de julho no Parque de Exposições da Granja do Torto em Brasília (DF). A classificatória do Distrito Federal encerrou o circuito de seletivas e fechou a relação de finalistas que irão buscar o principal prêmio da temporada, na decisão que acontece em Esteio (RS), durante a Expointer.


A classificatória de Brasília tradicionalmente se caracteriza pela disputa acirrada e intensa, afinal, nessa pista estão em jogo as vagas derradeiras na grande decisão. Além disso, muitos candidatos a essas vagas percorrem longas distâncias, partindo do Paraná, de Santa Catarina e inclusive do Rio Grande do Sul, e precisam superar também o desgaste natural da viagem.

Entre aqueles que conseguiram apresentar boa performance e garantiram a vaga, destaque para os primeiros colocados, a fêmea El Barquero 04 Patagonia, de propriedade de Ricardo Galicchio Kroef, da Cabanha El Barquero de Porto Alegre (RS), e o macho Hino da Saff, exposto por Ademir e Fábio da Silva, da Cabanha Saff de Joinville (SC).

O resultado de El Barquero 04 Patagonia foi comemorado por Kroef, que lembrou a superação funcional do animal em seu segundo ano de participação no circuito. “É uma felicidade grande, essa égua é bi finalista do Freio e, para um animal que larga com 6,4 de morfologia, esse é um excelente resultado. Estamos na final do Freio novamente”, comemorou o criador da égua montada por Fabrício Barbosa.

Já Fábio da Silva, criador e expositor do estreante Hino da Saff, o resultado surpreendeu pela precocidade do trabalho. “Tínhamos boa expectativa mas, por ser o primeiro ano dele e ser muito novo, foi uma surpresa ele ter se mantido na liderança do início ao fim. Esse cavalo tem só seis meses de treinamento com o Everton Valim. Esperamos que tenha uma evolução daqui para a frente, e trabalhar para tentar passar para o domingo na final”, diz.

Também conquistaram a vaga as fêmeas La Pátria da Bela Aliança, Esmeralda do Rio das Pedras e Xinoca do Amanhecer e os machos Taberneiro de Santa Angélica, LAA Cianureto e Faceiro da Mangueira Velha. Os Ginetes Destaque foram Felipe Mello da Silva, na categoria fêmeas e Everton de Deus Valim nos machos. Ambas categorias foram julgadas por Cesar Augusto Rabassa Hax, Mateus Gularte Silveira e Roberto Martins Crespo.

O circuito 2017 do Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga, Massey Ferguson, Ford e o apoio de Supra. A realização é da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

Confira o resultado

FÊMEAS

1º Lugar

El Barquero 04 Patagonia, filha de Capanegra Jacarta e Capanegra Iguaria; criador e expositor Ricardo Galicchio Kroef, Cabanha El Barquero, Porto Alegre/RS

Ginete: Fabricio Barbosa

Nota: 18,840

2º Lugar

La Pátria da Bela Aliança, filha de Itaqui do Salero Velho e Los Entierros Escarcha; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC

Ginete: Thiago Augusto Habowsky

Nota: 18,320

3º Lugar

Esmeralda do Rio das Pedras, filha de Santa Elba Señuelo e BT Onça; criador Marcelo Oliveira Cunha e expositor Fazenda Rio das Pedras, Guarapuava/PR

Ginete: Deivy de Lima Flores

Nota: 18,280

4º Lugar

Xinoca do Amanhecer, filha de Nácar do Purunã e Obra Prima do Amanhecer; criador e expositor Fábio Bellotti Moura, Cabanha Nova Querência, Brasília/DF

Ginete: Felipe Mello da Silva

Nota: 18,202


MACHOS

1º Lugar

Hino da Saff, filho de Pora 404 e Flôr do Pago da Escondida; criador e expositor Ademir e Fábio da Silva, Cabanha Saff, Joinville/SC

Ginete: Everton de Deus Valim

Nota: 20,002

2º Lugar

Taberneiro de Santa Angélica, filho de Jalisco de Santa Angélica e Faroleira de Santa Angélica; criador Suc. de Paulino e Agenor Ávila Costa e expositor Ramiro Madruga Costa, Cabanha Santa Angélica, Pedras Altas/RS

Ginete: Cézar Augusto Schell Freire

Nota: 18,656

3º Lugar

LAA Cianureto, filho de AS Malke Sedutor-TE e RZ Que Fartura da Carapuça; criador e expositor Luiz de Alencar Araripe Junior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

Ginete: José Eduardo Marques

Nota: 18,395

4º Lugar

Faceiro da Mangueira Velha, filho de Ganadero da Harmonia e Justine da Guajuvira; criador Leandro Luís Vieira e expositor Noli Souza de Oliveira, Cabanha Martinelli, Siderópolis/SC

Ginete: Fagner Crescencio Espindola

Nota: 18,267


Fotos: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação
Texto: Marina Bonati/ABCCC




Notícias Relacionadas

Mais Notícias